quarta-feira, abril 30, 2014

O 1ºde Maio é amanhã ou como L de Ligações da Maçonaria e G de Governo Ideia Brilhante se completam

Crianças da mocidade portuguesa fazem a saudação nazi. Foto de Bernard Hoffman (Life Magazine, EUA).
E viva o 1ºde Maio, dia do trabalhador!
Continuamos a festejar este dia, apesar de as amplas liberdades democráticas terem sido largamente ultrapassadas  pelo terrorismo da austeridade. Voltámos ao tempo da outra senhora.
Se o sistema vigente não é uma cópia do fascizante Salazarismo, então eu já não sei o que é democracia.

O poder intituído por Passos Coelho e Paulo Portas, o Governo Ideia Brilhante, assemelha-se ao tempo do fascismo, quando uma sardinha era dividida por uma família e as batatas semeadas na horta eram o único sustento de milhares de portugueses.

Estamos na mesma, o governo assiste impávido e sereno à morte da gentes, aliás nos actuais serviços de saúde é já notória a discriminação feita a cidadãos mais velhos. Um ultrajante regresso às matanças do III Reich. Nazis, pois claro. A guerra sem ser guerra, a luta não existe, o povo deixa-se matar.

Este governo onde centenas de personagens pertencem a uma ordem de Illuminati, chamada  Maçonaria, sociedade mais ou menos secreta, sociedade da qual se desconhece quais os  fins propostos, para a qual cada membro contribui com uma quota mensal mediante os fundos monetários de cada associado. sociedade discreta entende-se que se trata de ação reservada e que interessa exclusvamente àqueles que dela participam.

Posso ser estúpido, mas não percebo para onde vai o dinheiro dessas cotizações mensais desses senhores do poder, esses Illuminati. Benfeitorias da sociedade,  instituições para os mais necessitados? Decididamente não. O montante será para conquista do poder? Será. Naturalmente.

Lojas maçonicas há, que, no final de um jantar de maçons, levantam o braço, saudação nazi, cantam o hino nacional, brindam ao presidente da república, como de qualquer Hitler se tratasse. Assustador! Exemplo de uma dessas lojas é a loja Mozart, a que o ex-espião Silva Carvalho se refere dizendo ter sido um erro manter-se à parte de eventuais influências perniciosas da maçonaria e de partidos políticos.  Porquê? Ninguém sabe.

É por todos sabido, ou quase todos, se não sabem ficarão a saber, qualquer maçon que se preze tem acesso, desde que o deseje, à informação de qualquer pessoa comum, como eu ou você, basta que para isso forneça o número de telemóvel da pessoa de que pretende saber informações a um amigo maçonico influente dentro da maçonaria. Não é apenas a morada, o estado, ou  partido político, existem fichas com a informação detalhada e actualizada de qualquer cidadão mais ou menos importante para os ILLUMINATI. Enquanto serviço secreto podem escutar as vossas conversas telefónicas, ler os vossos emails, seguir-vos os passos. Coscuvilhar e informar o amigo  de todos os "acessórios" da sua vida.
Estes serviços de informação têm algo em comum com a antiga PIDE - DGS. Ora nem mais, esse é o ponto.


Já nada é surpresa para ninguém.
O tempo do Salazarismo voltou: com a polícia secreta, os informadores, a fome, a ditadura do poder, a pobreza. O Estado Novo mascarado. Cavaco Silva é bem a figura de uma Salazar; a família, a informação constante de «o presidente da república não tem nada a dizer sobre o assunto», o catolicismo, a Maria, os amens e os padres nossos, a sagrada família, exemplo vivo "do que deverá ser" uma família portuguesa.



lista de maçons, continuar a ler AQUI

quem é quem nos jantares da loja mozart AQUI

Só hà LIBERDADE A SÉRIO
QUANDO HOUVER
A PAZ, O PÃO, SAÚDE, HABITAÇÃO

 

viaje com a TAP

Shalom Harlow by Inez & Vinoodin

do Governo:

 no capítulo dedicado às privatizações no memorando de entendimento assinado em Maio de 2011 o tempo veio comprovar que nem todos os projectos do governo foram concretizados., apesar de os 4000milhões fixados pelas autoridades externas terem sido largamente ultrapassadas. apesar disso, o governo continua as políticas de austeridade, desnorteado continua com a sua foice a cortar aos mesmos, o elo mais fraco: pensionistas, funcionários públicos, reformados. 

o desnorte é completo, não sabe onde ir buscar mais dinheiro.
 o memorando de entendimento previa a alienação de cinco empresas (ANA, TAP, CP Carga, Caixa Seguros e CTT). e ainda a venda das participações na Galp, EDP e REN. a meta: um encaixe de 5000 milhões até ao final de 2013. o objectivo foi quase cumprido, excepção feita à TAP, fracassando a a primeira tentativa de privatização, o homem pertencia a máfias poderosas, ora o governo no seu desnorte, esqueceu-se de pedir informações sobre o dito candidato.

a TAP encontra-se agora na mira dos mediadores dos senhores governantes, uma chatice a resolver antes das eleições legislativas de Outubro? não nos parece lógico, visto o governo PSD/CDS pretender eleições seguras, nada de hesitações: 
«os reformados, os pensionistas não saem do sofá para votar» 
 «não podemos arriscar uma privatização de uma companhia de bandeira, a TAP um dos maiores empregadores em Portugal.»
se a operação não for relançada até Setembro, como o executivo pretendia, dificilmente acontecerá em 2015

entretanto a TAP continua a ser um dos melhores empregadores em Portugal, um exemplo do que é uma boa gerência, uma empresa onde os ordenados se encontram acima da média, onde os trabalhadores recebem a recompensa justa do seu trabalho, um exemplo a seguir.


VIAJE COM A TAP! 





terça-feira, abril 29, 2014

O Amor É Fodido


unknown

Cara Stricker

O Amor É Fodido
Assírio & Alvim,
Rua Passos Manuel, 67-B, 1100 Lisboa
E Miguel Esteves Cardoso (1994)

EDIÇÃO 377, NOVEMBRO DE 1994
DEPÓSITO LEGAL 74016/94

Sofrer é fodido porque o amor é fodido 
 mas como foder o sofrimento?
Fazendo sofrer os outros? 
Já experimentei. 
Não resulta.


ABC Sexo - Felatio





Felatio
modo mais formal de dizer
sexo oral

Saber como trabalhar com a boca quando faz um felatio é essencial, a estimulação faz-se mais através do calor, humidade e efeito de sucção. A fricção faz-se com as mãos, colocando ó dedo indicador e o polegar em forma de anel, enquanto pressiona com os lábios. Pode morder, mordidelas pequenas e roçar os lábios. Mantenha os dedos à volta do pénis junto ao dedo indicador.


Comece a chupar todo o corpo do pénis e matenha o movimento para baixo e para cima com a boca.  A saliva nunca é demasiada quando estiver a efetuar este movimento. Quando parar para respirar, tente criar um efeito de sucção como se quisesse sugar o esperma do pénis. Lamba o freio (faixa elástica de tecido que liga a cabeça e o corpo do pénis) com a língua. 

Enquanto faz o  o movimento para cima e para baixo, pode rodar a mão contra os seus lábios e em torno da coroa do pénis, criando uma espécie de suporte. Assegure-se que há lubrificação suficiente, a menos que queira torturar o seu homem. Belisque-lhe os mamilos e acaricie suavemente os testículos; coloque-os simplesmente na sua mão e . Se o pénis for grande, aumente o túnel. Estimule o períneo, ânus e nádegas com um dedo.


 Alguns homens gostam de dedicar a sua atenção às zonas erógenas femininas durante o sexo oral. Nesse caso, é recomendado escolher a posição 69 ou de lado, com o homem deitado de barriga para cima e a mulher ao seu lado. Quando quiser dar prazer só ao seu companheiro, encontre uma posição em que não precise de se apoiar com as mãos, já que vai precisar das duas para uma boa felação, e é recomendado que mantenha o contato visual.



o amor é fodido or Q de quero vir-me assim or U de Eu continuo...








encontrar-te na minha pele, recordar-te enquanto me toco.

masturba-te para mim. 
lembro o tempo de adolescente quando me masturbava às escondidas, ou quando fazia concursos com os meus dois compinchas de escola. 
masturbar-me para ti é diferente, para tu veres, para te excitar ainda mais, para te deixar louca de tesão. 
faço, faço. 
tu olhas, nem me tocas, os teus olhos excitam-me, o meu pénis pede para entrar em ti. 

masturba-te para eu ver, pedes. a tua voz tão doce, eu continuo e o meu desejo de ti aumenta. a tua mão humedece os dedos, tocas os mamilos já rijos, eretos. 
és o meu homem, és o meu amor, murmuras. 

eu continuo, a minha mão com movimentos mais rápidos, no liceu, no liceu era assim, os concursos:- «quem aguenta mais» -. 
juntas a tua pele à minha, o teu sexo roça a minha perna, sinto a humidade, a quentura do teu desejo.
quero vir-me assim, dizes.

os movimentos para baixo para cima roçando acariciando a minha perna eu continuava e tu continuavas gemíamos e tocávamo-nos aproximávamo-nos os dois até as nossas bocas se encontrarem e não parávamos dissemos palavras obscenas palavras palavras de que nem me lembro gozei com o teu gozo  ejaculei de exaustão  da sede de te morder de te engolir de entrar em ti para não mais sair.

desta ânsia de ti que me põe doido, esta ânsia que sinto crescer sempre que penso em ti, como foi, como é, como tu és, como tu fazes, como tu amas, como tu desejas, como tu possuis. 
possuis-me.


até amanhã, amor


sábado, abril 26, 2014

Anonymous divulgam nomes e telemóveis de Procuradores do Ministério Público


Um grupo de Anonymous que não se identificou divulgou hoje ao início do dia informações de nomes, telemóveis e telefones fixos de procuradores do Ministério Público
.coninuar a ler em Tugaleaks

sexta-feira, abril 25, 2014

o dia é hoje - 25 de abril




Michael Pitt por Mason Poole

Governo lança Portal das Comemorações dos 40 anos 

do 25 de Abril de 1974


o governo fez bem em lançar portal de comemorações dos 40 anos do 25 de abril, deveria
igualmente instigar as escolas e  professores a criar  aulas
onde se falasse sobre o assunto.

é notória a ignorância dos jovens sobre a revolução dos cravos, isso deve-se ao facto de
ninguém estar interessado em ensinar a história recente de portugal.

não se entende a ignorância da actual geração que
parece reconhecer o Michael Pitt e não saber quem foi
Ramalho Eanes, Mário Soares, Álvaro Cunhal, Salgueiro Maia, e todos 
os Capitães de Abril.

aos jovens pais pedia-se que educassem os filhos
de modo a que essa parte da nossa história
passe a futuras gerações,
em substituição de tanta net, tanto telemóvel,
tanta técnica, tanta porcaria que os levará a NADA.

lamentável!

fotos via The Quiet Front

quinta-feira, abril 24, 2014

a arte de foder

Laurent Benaïm

ai a arte de foder
fodes fodo é fodido
foder por foder
com conas caralhos
a foda é a foda
boa ou má
este obscuro caralho
que metes na boca ou enfias na cona
mesmo sem saberes fala
eu não quero só foder
eu quero penetrar em ti
fazer-te vir e amar-te, amar-te
se ainda não me tiver vindo
masturbar-me para ti

"se foderes sem amor
podes ter de ficar pelo desamor"

levar a mão à tua rata
enfiar lá os dedos enquanto
tu me envolves com as tuas pernas
estou duro  prestes a ejacular
saltas sobre mim e roças
esfregas esfregas a tua cona
no meu caralho duro.
nem entro dentro de ti
ejaculo
fodi contigo mas não te amei
o meu caralho enfiou-se
na tua cona e ejaculou
tu vieste-te sem olhar
a quem enfiavas
na tua rata
para foder é preciso saber

panic room - “imperiosas razões de interesse público"


 Elza Luijendijk In 'Panic Room' By Thomas Cooksey For Tush Magazine Spring/Summer 2014

Durante dezenas de anos, o Estado andou a gastar o dinheiro dos seus funcionários que estava nos cofres da CGA. Em Direito Penal, isso tem uma designação: abuso de confiança. Não entregou as percentagens que devia ter entregado como entidade patronal. Delapidou tudo. Em “imperiosas razões de interesse público"! Os velhos não fazem parte deste. Nunca repôs tão volumosas quantias. 

Com cinismo, apregoa a insustentabilidade da CGA. Agora responsabiliza os pensionistas. Mingua-lhes as pensões. Sempre pronto a meter a foice nestas com os mais diversos pretextos. As instituições e sociedades são administradas e geridas pelos detentores do capital. Isto é o que “eles” pregam. Na ADSE, os trabalhadores pagam. O Governo gere como demonstrou: desvia o capital. Como se este fosse dele. 

Tem em mira afetar tais recursos ao financiamento do Orçamento do Estado (OE). Confessadamente, querem a ADSE a servir para o dito défice. Depois, apontam para a levar ao “mercado”, como dizem. Privatizam tudo. 

Hoje, a ADSE basta-se a si própria. Dispensa as migalhas do OE. Mas também dispensa ser pagadora da dívida pública. Não é função de um serviço de apoio na doença. Para isso, os funcionários e pensionistas pagam impostos. ADSE e CGA estão integradas no Ministério das Finanças. Sob tutela do ministro respetivo. Essa “tutela” tem permitido ao Ministério das Finanças usar abusivamente o capital que não é do Estado. Como fez ultimamente com os Fundos de Reserva da Segurança Social.

Vários mil milhões de euros aplicados em compra de dívida. Os funcionários públicos e pensionistas dispensam tutelas. Não são inimputáveis. Nem lavraram procuração a favor do Governo. Nem padecem de “capitis deminutio”. Não correrão o risco de ver o capital que descontam há dezenas de anos delapidado nas dívidas que a política irresponsável contrai. Nem de ver a ADSE no jogo especulativo da bolsa e ser adquirida pelos “investidores institucionais”. Ou negociada entre hospitais privados, seguradoras ou outros grupos privados de saúde que já em muito vivem à sua custa. Não existe qualquer razão para que o Estado administre o capital que é dos beneficiários da ADSE. Muito menos agora que a inscrição e manutenção nesta é de carácter facultativo.
in O Publico

quarta-feira, abril 23, 2014

vai-te encher de moskas

Stella Tennnat for Yohji Yamamoto

isto que eu estou a ver será possível?
sou eu só que noto, ou Oeiras sofre uma invasão de moscas e mosquitos?
à noite parecem aviões minímos e médios voadores.
ainda não vi MELGAS.

pergunta-se: quando é que os moradores de Oeiras so chic, so in,
percebem que deve haver ali perto uma lixeira a céu aberto, ou qualquer coisa no género.
o cheiro não se aguenta para quem atravessa a estrada a caminho de Sintra.

costumo dizer. -vai-te encher de moskas, em vez de falares contra os utilizadores do XP,
vai apanhar moskas e mosquitos para a marginal.

os moradores de Oeiras agradecem a intervenção do Isaltino,  agora que ele
foi isento de qualquer culpa por os crimes de burla agravada.

limpe a sua cidade.
aquilo já é cidade?

é que somos vizinhos carago!!!
não são permitidas respostas foleiras.
so sorry!

Ode to Clitoris

Ode to the Clitoris
I speak in praise of the clitoris, yes,
and as a male, I decline to be clandestine about this.
The reason I so admire the clitoris is that it's the female's key
to being multiply orgasmic, and frankly, I'm in awe of this.

You see, the male organ can't compare
because, of course, it has a dual purpose. 
It wasn't put there just for bliss,
which is the only purpose of the clitoris.

Males must just resign
themselves to their dangling ganglia, the dick,
which is so easy to malign compared to the delicate paradigm
of the clit and its remarkable economy of design.

Now I realize that females may be suspicious
of my focus on their clitoris
but actually, I think it’s ingenious.  
My own discovery of this was serendipitous and propitious.

Really, I’m envious of the clitoris
because it's indefatigable and delectable,
(I think she likes a little nibble),
and anyway, there’s not much point in trying to distinguish
between cunnilingus and the clitoris.

So there's my poem to the little clit
with admiration and respect.
I speak in praise of the clitoris.

Truly. She's a gift for all of us.
Mike T Minehan

Hora de Ponta





fotos andreas heumann


terça-feira, abril 22, 2014

era uma vez...


abrasças-me com o teu braço como asa...

foto yvan galvez

o desejo de te redigir



Ed van der Elsken
nos instantes seguidos onde talvez ninguém apagava a vida
foi a tua imagem que recitou a minha realidade já cansada
tudo era possível era só querer o querer da vida que vivi  na vida sem ti.
vieste e recitas-te na voz  rebentas-me nos sentidos cantas-te nos momentos idos
amor uma faúlha os ramos que nascem e morrem em floresta virgem a luz e a escuridão
travamos com os dias a luta desigual do paraíso perdido
a voz faz-se na escuta do teu silêncio a vida encontra-se ao som da tua voz.
compreendi que me amavas a dúvida estava no reencontro das palavras
na descodificação de corpos olharei por cima de maravilhas e fábulas
penetra-me para que as tuas  lágrimas sequem e eu te possa amar novamente

quinta-feira, abril 17, 2014

6ªfeira de paixão é amanhã





páscoa é um provérbio, cristo crucificado é METÁFORA
METÁFORA para todos os portugueses que se encontram nesta páscoa sem nada para acreditar.
famintos com sede de justiça, jesus revisitado na cruz dos dias que passam. o povo recorre à 
esmolas das cantinas sociais, sem comer para os filhos, continuando a fazer o caminho do calvário.

Portugal, a gólgota, onde os senhores do poder crucificam todos os dias os mais necessitados.
atiram-se gerações contra gerações. não há vergonha, não há pudor. 
mente-se com a crença da verdade. 
o nosso povo é sereno, não é dado a rebeliões, todos os dias
as vergastadas no seu corpo já tão débil são mais fortes. 
até à morte na cruz. 

vozes proibidas de falar, capitães de Abril feitos em joguetes deste poder instituído pelos carrascos do povo.

e o povo diz olhando a sua própria morte: "perdoai-lhes senhor que não sabem o que fazem"
assim é o nosso povo, povo brando, povo faminto,  povo sem esperança.
como chegámos a isto?
ninguém sabe, ninguém percebe.
a fome instala-se. os ricos sobem no share das audiências nos traidores do povo.

vómito!

ESPERA PARA BREVE NOVAS ATUALIZAÇÕES
NOVOS TRUQUES
NOVAS TORTURAS
ISTO NÃO VAI PARAR , sou eu que te digo.

fotos steven klein e oleg dou
a fome

5ªfeira . a possessão



a posse SSão
livrai-Nos sEnhor de cair na lAma...

mas afastai-nos da tentação
o senhor é convosco
bendita sois entre as mulheres
amen


Miele Rancido by ReflexStudio for .Kock Magazine


informação para o utilizador

como conservar:

não conSeRvar acima de 25 grausC.
manter FORA do alcance
e das vistas das
crianças.

o produto NÃO deve ser eliminado na canalizaÇão
ou no lixo doméstico.



Fifinha, Proust, S.A
2731-901 Barcarena
tel:(351)2143456789/4
e-mail: geral@fifinhaproust.prostitiutadalma@gmiail.com


data de validade: SETEMBRO 2015

trabalho de Karen Elson and Atlas The Lion By Tim Walker

Arquivo do blogue