sábado, dezembro 29, 2012

I’m in love with her, okay?







Actually, there is a word for that. It’s love. I’m in love with her, okay? If you’re looking for the word that means caring for someone beyond all rationality and wanting them to have everything they want no matter how much it destroys you, its love! And when you love someone y-you just don’t stop. Ever. Even when people roll their eyes or call you crazy. Even then. Especially then. You just- you don’t give up because if I could give up… If I could just, you know, take the whole world’s advice and- and move on and find someone else, that wouldn’t be love. That would be… That would be some other disposable thing that is not worth fighting for. But that is not what this is.

Ted Mosb

quarta-feira, outubro 10, 2012

The Magic of Love


Bodies warm with passion’s heat
pressed together in hungry embrace.
Intertwined we move as one,
synchronizing to the inner beat
of desire’s baton.


The erotic rhythm of hips in motion
thrusting in time with the melody
that steals its way from the depths
of our most primitive selves.


A harmony of sounds unintelligible,
voiced only by passionate lovers.
Bodies warm with passion’s heat,
hard dancing to the music of love.


By Robert W. Birch

quinta-feira, agosto 16, 2012

domingo, junho 24, 2012

e pergunto-te...


o teu corpo fonte, onde bebo e descanso.
todo perfume. orgia. vagueando vaga.
cansaço onde profano as minhas dores,
palavras sem ciclo, em redor de ti.
verdadeira aparição dos meus sonhos
no teu corpo, onde descanso os meus erros.

e pergunto-te: «Isto é já passado?»
e pergunto-te: «Isto é já futuro?»


foto philippe kerlo

quinta-feira, maio 31, 2012

sim...nós podemos


Yes, we Can
Sim, Nós Podemos

Foto Tony Duran

foto Mirabilia

aqueço o desejo no fogo da tua pele

escondo com a mão o meu nome
já sentido.

já fiz. já disse.
lembra-me algo novo para
sentir.

quero que tudo seja primeiro. violento.
diferente.
prolongar-me no teu corpo,
incontrolável o desejo.

quero ser o primeiro, ensinar-te.
virgem
quero-te virgem de amor, de quereres.
já quis. já tive.

quero o desconhecido, dizer-te.
nunca ouvi. nunca fiz.
lembra-me,
algo novo para sentir.

alguém já não. alguém já sim.
o erotismo
quero ensinar-to.
sentir-te sem medos, amar-te,
ensinar-te.
descobrires-me
descobrir-te
escorrido nas minhas mãos
o suor da tua pele.

que me tome, o som do teu desejo.

quarta-feira, maio 23, 2012

things of a deceptive demon - david sims



things of a deceptive demon

followed by shadows her heart is rapidly beating
and ...death is thus far the only culprit
taken over because of her glowing fiery spirit

acid anger is running through her entire body
without reason and her mind is in a flood
knifes of malice and lies come out of the girl’s mouth


she can’t wake up and this was too much...

out of her mind she is hitting her friend over the head

with her scissorhands blood pours all over her friend’s body
cuts cover her, as well as bruises....

she needs to get out of this place called hell

is she dead? if she isn’t, will she ever tell?

powerful fury surges through her like grainy sand
all she can do is pray to be freed from this horrible
nightmare

isn’t ending ?
where are you? - she screams
- wake up my dear Child it was all just a dream...

foto david sims

Miguel Relvas e as pressões

o ministro miguel relvas afirma não ter exercido qualquer pressão sobre o jornal público,
nem ter feito chantagem sobre a diretora do mesmo, ou exercido qualquer tipo de escutas do SIS para
denunciar a tal jornalista cuja vida privada seria posta a nu, caso viessem
a público certos segredos do relvas. qual poderá ser a notícia que pôs as pernas do tipo  a tremer?
será aquela que toda a gente sabe, os ministros do atual governo participam em orgias lá para o lado
do farol do guincho? 

 pergunta-se: será que a dita jornalista participou nas orgias e queria dar com a língua nos dentes, só se calando mediante uma boa maquia de massa? 
chantagem diria o Relvas.  

terça-feira, maio 22, 2012

quarta-feira, maio 16, 2012

segunda-feira, maio 14, 2012

passos coelho e a visita à feira do livro

o primeiro ministro passos coelho visitou ontem a feira do livro, onde foi muito acarinhado pelos visitantes da mesma.
gritando palavras de apoio e incentivo ao nosso primeiro ministro, tais como: ladrão, mentiroso e palavras de ordem tais como. "Passos, ladrão, o teu lugar é na prisão", ou ainda: "Fora, fora daqui, a fome, a miséria e o FMI".
Passos Coelho visivelmente comovido, desistiu de continuar o seu passeio dominical e, acompanhado da sua mulher deixaram  a feira do livro, não sem antes afirmar: " debates sim, mas assim não". 

quinta-feira, maio 10, 2012

Tomohide Ikeya - Underwater





Tomohide Ikeya/Flickr

nesse dia em que te encontrei, por acaso, disse-te os meus desejos.
o silêncio caiu entre nós. se parares o carro, vem.

levo-te para onde.
quisera eu, o tempo que me deste e eu perdi.
eu salto, apanho-te. eu vou e tu? deixarmo-nos?
(tu e eu)
talvez aquele, aquela. ninguém. só tu.

o meu corpo, mais do que tu
cheiro-te
(vejo-te)

os teus olhos dizem tristeza, só agora reparei.
dizem tristeza infinita e pergunto-me: porquê?

desculpa ter vindo assim sem avisar: o amor, o corpo, o desejo, o limite.
asas que voam sobre a beleza de sonhos desfeitos. dizes tristeza. (passa)
passa com o (tempo), passa. o meu corpo mais do que o teu. tu, mais do que eu.
a tua vida, mais importante do que a minha. e pergunto-me: Porquê?
nada é mais importante do que nós próprios. Nada?

obter mais informações. 



 foto donata wenders

quarta-feira, maio 09, 2012

The Sex Is As Beautiful As The Love



Let me be guided by you, let me learn from you.
Let me feel you, in me, on me, over me.
Let me taste you, let me smell you, let me savour all of you.
Let me please you with all that I am.
Let me be yours, let me hear your voice, always in my head.
Let me kneel for you, let me beg for you, let me cry for you.



foto just her guy

Ton sexe





...Ton sexe, dont mes mains éprouvent de loin la chaleur. Je te conduis en ce point de démence òu tu ne connais que to plaisir. Moi-même, ne sachant plus que le mien par le tien avivé, j'entre en la plus insensée des danses, obscène pour des yeux étrangers, s'il pouvait y en avoir à l'affût, mais nécessaire, si bien qui ni toi ni moi ne lui trouvons rien de répréhensible ni de gênant. C'est l'élan même de l'amour aux approches de son sommet. Le mouvement est pur. Il n'a besoin d'autre justification que sa vivante liberté.

L'illusion de combien de bouches, de combien de seins, de combien de mains qui, ensemble, travaillent au plaisir unique né de la conjugaison de nos deux frénésis?...
Claude Mauriac

fotoJacek W.Laskus

terça-feira, maio 08, 2012

Foda-se! É a cabeça do Justiceiro a olhar para mim!




Foda-se! É a cabeça do Justiceiro a olhar para mim!
Após a vitória do socialista François Hollande nas eleições presidenciais da França, o debate em torno das medidas de austeridade implementadas pelos países da União Europeia para conter a crise financeira voltou a ganhar força.

segunda-feira, maio 07, 2012

Portrait of a Woman

em beijos e abraços
me consome
palavras doces
cheiros
cansaços
como se fosse alma
como se fosse luz
relampejante
queimadura de silêncio
sentido de procura
verdadeiro
luminosas as cores
sem temor
pecado
mentira


oferenda de flores
embriagantes
lábios docemente
proibidos
como se fosse alma
libertadora
resposta para
todas as perguntas
olhar de inesperados
reflexos
dançando flutua
em ofertas
ternas

foto phillipe pache

regard intemporel

 a ajouté ce billet à ses coups de cœur
Pierre Boucher,1930
regard imtemporel

sexta-feira, maio 04, 2012

a maravilhosa vida dos portugueses

devido ao corte nas pensões não me resta alternativa tenho de andar de roupa interior comprada nos tempos em que ainda Portugal era um país em franca ascensão, os sapatos idem. já não há dinheiro nem para comprar sapatos.
é a realidade tuga.
Beatrice Chirita

Arquivo do blogue