sábado, junho 26, 2010

o homem mais bonito de lisboa


há lugares proibidos onde não poderá entrar. regras. pontos. cicratizes. fundas cicratizes. recua e desiste. avança e volta a tentar. eu sou. eu sou. conseguiu numa noite de chuva ouvir a voz: longe, mais perto a tua voz, mesmo a tua voz. escutou. desenhou um coração atravessado por uma seta e nele escreveu o nome do enigma. entrou. fez-se silêncio. nunca alguém tinha visto ou ouvido nada igual. eram tantas as penas e tantas as dores que o homem mais bonito de Lisboa chorou. pediu perdão pelos outros. desenhou no infinito uma nova vida, traçou novas linhas, modificou o trajecto, redigiu novas moradas explicando aos outros o impossível: assim, aqui, uns com os outros, como agora.

foto hedi slimane

Amber Valletta, Shalom Harlow/Gemiddelde Voedingswaarde


Amber Valletta e Shalom Harlow, Fotógrafo Paolo Roversi

para Vogue UK (Maio 1996)

sábado, junho 19, 2010

james houston




OBRiGADO A TODOS E TODAS PELASIMPATIA E AMIZADE com que SeMpReMe disTinguiRam.

Este blogue começou a 19 de Junho de 2005,em Pleasuredome1


Foto James Houston

Arquivo do blogue