segunda-feira, fevereiro 08, 2010


O que é que tu estás a fazer em mim?
Estou a escrever-me em ti.
Para mim?
Para os que sabem ler.
Amanhã vou para dentro de ti.
Não gosto que invadas assim o meu espaço.
Não sabia que o meu amor era um astronauta.
Não sejas parvo.
Vou para dentro de ti. Sabes onde fica?
Nem quero adivinhar.


Pedro Paixão

foto marriam

sexta-feira, fevereiro 05, 2010


Senão todos algum
de nós reproduz diversos os mesmos lugares.
E aquela que entra no verso para o
percorrer
atrás da tua sombra serei eu.

Fiama Hasse Pais Brandão

foto paul ward
,

Arquivo do blogue