sexta-feira, março 30, 2007



i spin a coin to make decisions
and still i always get it wrong
don't worry just take your time,
in all of the confusion you're
the peace in my soul. still.
take it slow girl, you put a spell
on me.so close and no cigar. still,
and yes i'm in love with you...


foto Jonhatan Waiter

i was just waiting for your answer

Eikoh Hosoe
i was just waiting for your answer, still,
you made your own apologies...
sometimes you win, sometimes you lose,
i just want to stay right here. still.
don't even own you, sometimes i win,
sometimes i lose. i don't want to lose you...

olaf martens
don't you thing is strange?
i can't understand that you
don't want to cross the line.
still. i was just waiting
for your phone call. baby,
if you are still awake, call
me when you get this. you can't
see. tell me do you know?
why don't you realize? oh!...

quarta-feira, março 28, 2007

Tudo o que você quer e deve saber sobre masturbação masculina.



O que é masturbação?

Para os homens, masturbação é o acto de estimular o pénis manualmente para provocar prazer. Tanto para adultos como para adolescentes, a masturbação geralmente termina com a ejaculação, quando o sémen, líquido que contém os espermatozóides, é expelido pelo pénis. A ejaculação é normalmente acompanhada pelo orgasmo, que o corpo inteiro sente de maneira intensa, um prazer que é impossível comparar com qualquer outra sensação que o corpo humano possa experimentar.

O porquê da masturbação?

Se já se masturbou alguma vez, sabe a resposta para essa pergunta! Além de ser tão bom, a masturbação descarrega a tensão sexual que se acumula naturalmente ao longo do tempo. Todo o homem na sua adolescência já se sentiu "quente", e com a mente cheia de pensamentos eróticos. É um processo natural: os seus órgãos sexuais produzem e acumulam sémen e o seu corpo responde provocando-lhe a vontade de ejacular esse sémen. Acontece, por vezes, através de emissões noturnas, ou "sonhos molhados", uma ejaculação durante o sono. Outra maneira é através da masturbação, quando estimula o seu pénis para imitar a sensação de quando faz sexo. É importante deixar claro que independente do que possa ter ouvido falar, a masturbação é completamente saudável. Não afecta o tamanho do seu pênis, nem a sua capacidade de manter uma erecção, e muito menos a possibilidade de gerar filhos, no futuro.

Existe algo fisicamente mau na masturbação?

Absolutamente nada! Antigamente, era comum dizer-se que a masturbação puderia causar cegueira, loucura, crescimento de pêlos nas mãos ou outros distúrbios, ainda que nessa época a masturbação fosse extremamente comum, tanto quanto agora. Todas essas crenças têm sido derrubadas pela ciência moderna, ainda que hoje em dia esses mitos e boatos ainda persistam (se essas histórias fossem reais, o mundo estaria povoado de pessoas cegas, loucas e com as mãos cabeludas). Masturbação não é uma "coisa de doente", nem é somente para homossexuais e não é prejudicial em absolutamente nenhum aspecto.

Eu sou um perdedor se me masturbo?

É óbvio que não! Provavelmente ouviu alguém dizer a outra pessoa algum termo sujo para insultá-lo, ou ainda dizerem que não precisam de se masturbar porque têm "a coisa de verdade". Tudo isso é pura ignorância! Em casos como os sitados, a pessoa que diz essas coisas costuma masturbar-se, sentindo-se culpada por fazer isso, e então "descarrega" tentando que os outros se sintam culpados também. Esse é um perverso círculo vicioso que transforma em erro essa coisa maravilhosa que os nossos corpos podem fazer. O círculo somente termina se você se convencer de que praticamente todo mundo se masturba, até mesmo um homem adulto que tem toda a "coisa de verdade" que ele quer. Quando você conseguir dizer que se masturba e se sentir orgulhoso disso (mesmo se você disser isso apenas para si mesmo), você perceberá que os verdadeiros perdedores são aqueles que não são verdadeiros consigo mesmos e com os outros!


Pode ser demais?


Durante os primeiros anos depois de descobrir a masturbação, praticamente todos os garotos se masturbam mais do que qualquer coisa que eles possam fazer no resto de suas vidas. Não é raro para um garoto de 13-14 anos masturbar-se 3, 5, ou mesmo 6 vezes por dia. Por isso, não é de surpreender que alguns garotos se preocupem e se perguntem se estão a fazer isso em excesso. É possível que o tempo utilizado para se masturbar pudesse ser utilizado para actividades mais produtivas, mas se você vai preencher esse tempo assistindo à TV ou algo parecido, então não há razão para se preocupar.

Quanto é normal?

Não existe algo como uma freqüência "normal" para se masturbar. Pode-se masturbar o quanto quiser. O pior que pode acontecer é que seu pénis fique um tanto sensível (se você friccionar qualquer parte de seu corpo, isso acontecerá igualmente). Em qualquer grupo de adolescentes, alguns se masturbam várias vezes por dia, enquanto outros, uma única vez por dia, ou mesmo duas vezes por semana ou menos. Existem também aqueles poucos que nunca se masturbam, talvez por não sentirem vontade, ou porque, por alguma razão, não saibam que masturbação é saudável, controlando a si mesmos para resistirem.

Algumas técnicas de Masturbação:

Muitos homens descobrem a masturbação por acidente. Um dia qualquer eles estão tocando nos seu pénis e sentem alguma coisa tão boa que os faz não querer parar até atingirem o orgasmo. Mas existem várias maneiras de desfrutar um maior prazer.Existirão vezes em que sentirá uma forte necessidade de se masturbar, justamente quando isso não é possível. Neste caso você poderá ejacular o mais rápido possível, talvez na casa de banho. Isso é bom - mas é bom saber que a masturbação, bem como uma relação sexual entre duas pessoas, pode ser muito mais divertida quando puder relaxar e aproveitar o tempo.

Alguns homens masturbam -se, deitando-se e friccionando o pénis contra a cama. A técnica mais comum consiste em deitar-se e manipular o pénis com uma das mãos (ou com as duas). Nesta posição, quando você ejacular, o sémem irá permanecer no seu peito ou barriga, sendo fácil limpar.

Toda a sessão bem sucedida de masturbação começa com uma erecção, que acontece quando seu pénis se enche com sangue para se tornar longo e duro o suficiente para ser manipulado.


Em geral, é muito fácil obter essa erecção: apenas pensando sobre sexo e friccionando seu pénis será o suficiente. Se você é um adolescente e não ejaculou nas últimas horas, provavelmente nem será necessário pensar muito!
Uma vez que seu pénis tenha atingido o tamanho e consistência máximos, movimente sua mão para frente e para trás ao longo dele, o que irá simular os movimentos da vagina de uma mulher que acontecem durante o sexo.


foto evette

terça-feira, março 27, 2007




why you so nasty
you know what Doc
i'd be very very grateful
if you can give any of the
following pills
you know why Doc

dorel
adderall
butorphenol
bupremorphine
anolodene
methadone
codeine
morphine
opium
hydroanoxycodeine

you know what Doc
why you so nasty..

foto gianni candido

domingo, março 18, 2007

sexta-feira, março 16, 2007

Jogos Sexuais





Poderíamos dizer que os jogos sexuais compreendem todas e inúmeras maneiras de conquistar, bem como a utilização de subterfúgios para "aquecer" ou dar ânimo a uma relação a dois.
A prática da conquista utilizada por homens e mulheres cujo objectivo final seria a relação sexual é bastante variada, podendo durar poucas horas ou alguns dias ou mesmo semanas, consistindo num jogo de sedução por vezes de estruturação bastante elaborada.
Como em todo reino animal, este complexo ritual de acasalamento entre macho e fêmea, a chamada "corte" é a condição fundamental para a cópula e a maneira como ele é realizado pode traduzir inúmeros jogos sexuais e de sedução.
Jantares a luz de velas, presentes, dançar, olhares ,toques, roupas e acessórios, cheiros, penteados além de outros, fazem parte desse jogo de sedução. O romantismo é fundamental. Pode dizer-se que o que se cita acima seja a primeira parte do jogo. A segunda parte seria a da relação sexual.

Conhecer o outro, as suas expectativas e preferências também é indispensável para que o jogo possa continuar. Durante o sexo, os preliminares são indispensáveis, o bom humor pode e deve estar presente, realizar as fantasias de comum acordo, usar acessórios que satisfaçam e excitem a ambos também fazem com que a relação sexual seja melhor para o casal.
"Tudo está bem quando termina bem" diz o ditado. Para que esse ditado se torne realidade dentro do contexto da sexualidade, no caso dos jogos sexuais, é importante que após a conquista, a arte da sedução seja mantida, isto é, que o jogo pode e deve ter continuidade para que a relação se fortaleça e enriqueça.
Por incrível que pareça essa parece ser a parte mais difícil. Muitos homens e mulheres, após terem e serem conquistados acabam por deixar de lado a sedução. Aparentemente, segundo a prática clínica, por se sentirem seguros e confiantes na relação, reconhecem que acabam de certa forma, desvalorizando essa prática.
Estamos a falar da rotina que se estabelece em todo e qualquer relacionamento independente do tempo de duração, que acaba fazendo com que as relações se tornem previsíveis e às vezes enfadonhas. A rotina acontece na maioria das vezes sem que as pessoas percebam, assim são vários os que se queixam de que parece estar a faltar algo na relação.

Quando falamos de jogos sexuais estamos a falar de todo o conjunto de factores que fazem parte de uma relação. Assim como na conquista é importante que eles sejam utilizados como forma de enriquecer a relação a dois. Usar a criatividade, brincar mais um com o outro são formas de mantere uma sintonia na relação. É importante que a sedução continue existindo. É importante que os jogos estejam sempre presentes.

quinta-feira, março 08, 2007

e, assim é




aconteceu
dentro e fora, fora e dentro
compassado ou rápido e brutal .
- quero tudo aceso. quero ver-te!
- sou bruto, ás vezes. gosto assim, ás vezes.
as roupas espalhadas pelo chão. eu, dentro dela.
- dá-me! dá-me!
- tudo. quero-te dentro de mim, fundo.
fundo.

agarro-lhe os cabelos, puxo-lhe a cabeça para trás,
enquanto a minha língua lhe percorre o pescoço,
o rio entre os seios.
as suas unhas cravam-se traçando linhas nas minhas costas...
a devorar-me, a possuir-me, a dizer-me que eu era dela.
- marco-te! marco-te para sempre.
- marca-me.
o meu sexo enterra-se vezes sem conta, duro como ferro,
tentava magoá-la, rebentar com ela.
- não te admito.não te admito que me traias…
o riso no meu ouvido, os dentes a cravarem-se-me na boca.
gemi de dor e prazer.
ouço-me a mergulhar, a nadar na humidade dela.
parei. desejei poder parar de vez.
sair dela, romper com ela.
ela vibrava, arqueava o corpo,
procurava-me.

- quero-te! a ti, a mais ninguém.
- dá-me os teus pensamentos, gritei-lhe,
quero saber tudo.

continuei, já sem controlar os meus movimentos.
beijei-a, mordia-a, respirei o seu hálito.
desejei matá-la. possui-la e matá-la.
asfixiá-la com a minha boca, morrer com ela.
senti os seus espasmos, as ondas de calor
trespassarem-me.
abracei-a com força, enquanto sentia o prazer em
todos os pontos do meu corpo.
ejaculei sabendo que nunca poderia apanhá-la de surpresa.
penetrá-la sem que quisesse.
violá-la. magoá-la.


ela estaria sempre á minha espera,
sempre.
sempre à minha espera.



sábado, março 03, 2007

tudo seria diferente se os meus ouvidos
estivessem à distância do som da tua voz.




fotografo unknown

Arquivo do blogue